nav

NOTÍCIAS





MÍDIA

MPES participa de projeto que visa resgatar valores humanos nas escolas


20/07/2015


O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Centro de Apoio Operacional de Implementação das Políticas de Educação (Cape), participou na segunda-feira (20/07) do 1º Workshop do projeto "Educação em Valores, Desenvolvimento Humano e Cultura de Paz”, resultado de parceria do MPES com a Secretaria Estadual de Educação (Sedu), a empresa ArcelorMittal e o Migliori Consultoria. O principal objetivo do projeto é investir em atividades e ações de resgate dos valores humanos e desenvolver uma cultura de paz nas escolas.

Participaram da capacitação 336 educadores de 13 escolas estaduais e 28 educadores de uma escola municipal, que trabalham com mais de 10,1 mil estudantes da rede pública de ensino. A coordenação do projeto é de Regina Migliori, da Migliori Consultoria, que desenvolveu o chamado “MindEduca”, programa utilizado na capacitação. O “MindEduca” integra conhecimento neurocientífico, práticas de atenção plena, neurociência cognitiva-comportamental e estratégias de desenvolvimento humano, visando ao equilíbrio subjetivo, aperfeiçoamento pessoal, atitudes autorreguladas e à mudança de comportamento, com foco em valores de cultura e paz.

Uma das responsáveis pela implementação do projeto, a dirigente do Cape, promotora de Justiça Fabíula de Paula Secchin, representou o MPES na abertura do evento, que também contou com as presenças do secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha; da coordenadora da Comissão de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Vitória, professora Débora Almeida de Souza; e do diretor comercial da ArcelorMittal, Gustavo Fontana.

Transformação

Ao abrir o workshop, a dirigente do Cape saudou os presentes e falou da importância da educação pública. “Que vocês possam sair daqui convictos de que a educação transforma, e o amor transforma mais que a educação. E os dois juntos transformam o mundo, e transformam rapidamente”, afirmou.

Nessa linha, o secretário Haroldo Rocha destacou a importância da parceria com o MPES em favor da Educação. “Quando o MPES, na pessoa da Dra. Fabíula, e a Regina Migliori me apresentaram o projeto piloto, decidi na hora que não só iríamos dar continuidade, como também ampliar. Chegamos aqui hoje com um número extraordinário, mais de 800 inscritos. É um passo à frente, um tema de muita relevância para o nosso tempo”, salientou. Em seguida, Haroldo Rocha destacou a atuação do MPES em relação ao tema. “Queria saudar e agradecer todo o empenho da Dra. Fabíula e de toda a equipe do MPES nessa área, em que somos sempre cobrados. Vemos um MPES proativo, ajudando a educação a melhorar os seus parâmetros. Vamos continuar juntos nesse trabalho e nos próximos”, afirmou.

Em seguida, a coordenadora Regina Migliori deu início à palestra. “Educar em valores no século 21 não se traduz mais somente como um conjunto de conteúdos a serem ensinados. A abordagem que daremos ao longo do programa é do entendimento de valores como uma natureza de inteligência, um potencial benéfico e ético. E como podemos despertar e desenvolver isso e, ao fazer isso, mudando nossa forma de pensar e de perceber o mundo, mudamos também nossa ação no mundo. E isso pode resultar naquilo que vem sendo chamado de cultura de paz”, disse.

 

Para acessar a notícia clique aqui


FAÇA O DOWNLOAD DO CONTEÚDO COMPLETO AQUI


CULTURA DE PAZ DESENVOLVIMENTO HUMANO EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO EM VALORES ESCOLA ÉTICA MINDFULNESS NEUROCIÊNCIAS


Dúvidas? Estamos ansiosos para ouvir você.

Gostaria de levar o MindEduca para sua instituição?
SAIBA MAIS
Quer realizar um
evento na sua cidade?
ENTRE EM CONTATO
Quer se tornar
um instrutor?
SAIBA MAIS
Quer saber mais ou
falar com a gente?
ENTRE EM CONTATO

ANTES DE IR EMBORA

Receba nossa newsletter

Semanalmente enviamos artigos, notícias e dicas inspiradoras para uma inteligência ética. Que tal se cadastrar agora?