nav

NOTÍCIAS





MÍDIA

Por que as escolas no Brasil estão incluindo Meditação e Yoga na sala de aula?


06/11/2015


Ouço de uma mãe da escola de meu filho: “acho que é muito tempo ter yoga três vezes por semana, é muita perda de tempo ficar meditando, enquanto poderiam estar aprendendo conteúdo!”
Compreendo que muitas mães e pais devem pensar dessa forma, uma vez que nos foi passado por décadas e décadas que ‘para ser alguém, precisamos estudar’. E com isso, não estou dizendo que estudar não seja necessário, sou uma estudiosa ferrenha, devoro livros com a mesma paixão da criança, quando descobre algo novo. E já comprovei, nestes anos todos de Educação, que estudar abre janelas na mente, nos possibilita ver o mundo sob outros prismas e, com isso, temos repertório para solucionar as coisas de outras maneiras.
A diferença é que estudar não depende da escola e não está atrelado a ela, embora muita gente deixe isso para a escola por ser ‘mais fácil’. Vi meu pai estudando a vida inteira com amor, pesquisando sobre culturas diferentes, viajando por países que nunca foi, nas páginas dos livros, contando histórias que descobriu em suas aventuras literárias! Esse brilho em seus olhos, me fez querer saber mais, estudar sempre, buscar informação! Porque se dependesse da escola, embora eu tenha estudado em um dos melhores colégios da cidade, eu teria fugido dos estudos como quem foge da morte. E por quê? Porque passar conteúdo sem integrá-lo ao que estamos vivendo, sem dar sentido a ele, sem olhar para a realidade de cada estudante, sem considerar  as entranhas emocionais por que as crianças e jovens passam, afugenta a vontade de interagir e mata a alegria por aprender!
Imagine você, jovenzinho, cheio de dúvidas e vontade de aprender sobre si mesmo, sobre o “mundo-cabeludo” que te cerca. Você chega em uma sala, com um monte de gente da sua idade para conversar, para trocar novidades, mas todos precisam ficar quietos para ‘prestar atenção’ em algo que não lhes diz respeito, com um intervalo de apenas  30 minutos para ser você mesmo…O adulto lá na frente dita as regras, manda o que vocês devem fazer e o que não podem, enfia ‘goela abaixo’ um bocado de conteúdo que não faz sentido nenhum com a vida lá fora…E tudo o que você quer é VIVER! Se você, adulto, fosse colocado nessas condições, tenho certeza que não aguentaria e, na primeira oportunidade, fugiria dessas obrigações que não consideram sua pessoa! Aliás, já participei de muitos cursos e palestras onde professores eram platéia e não tinham um pingo do comportamento que exigem de seus estudantes! (sem generalizações, por favor!)
Mas o que isso tem a ver com o Yoga e a meditação que a mãe do coleguinha do meu filho reclama? Essa é a diferença! No meio de um mundo hostil, você ter um tempo para respirar, perceber-se, saber lidar com seus sentimentos, compreender o mundo emocional e buscar equilíbrio, é a chave para termos uma sociedade mais feliz que, inclusive tem outra relação com o dinheiro e suas formas de fazer fluir. Ter contato com conteúdo não é garantia de que a pessoa estará com a vida ganha. Para isso , ela precisará saber comunicar-se com sabedoria, refletir e ponderar, relacionar-se com empatia, usar o conhecimento que adquiriu com inteligência e colocar-se de forma harmoniosa em grupo. Sem isso, qualquer um que tenha passado 10 anos na escola, não saberá lidar com a informação que lhe foi passada, de forma a viver plenamente o que quiser viver!
programa MindEduca, que está sendo implementado nas escolas estaduais e municipais do Espírito Santo vem juntar o que é necessário para que a escola seja um lugar realmente transformador! Minha amiga Regina Migliori, uma pessoa fantástica, consultora em Cultura de Paz da Unesco que, entre outras coisas, lançou  o livro “Neurociências e Educação” tem orientado esse trabalho.

A resposta sobre a importância do Yoga e da meditação no desenvolvimento integral das crianças e jovens é tema de teses de mestrados, doutorados e reportagens em todas as partes do mundo. Para estudar e aprender, é preciso ter concentração, calma, motivação, coisas que a meditação e o yoga desenvolvem com maestria. Uma reportagem do hypeness sobre a implantação de meditação nas escolas públicas do ES, responde a essa mãe que não sabe porque ter ‘tanta’ yoga e meditação na escola:“À medida que crescemos, percebemos quanta coisa a vida nos cobra sem temos aprendido na escola. No dia a dia, raízes quadradas, celomas e mol dificilmente aparecem, mas desafios envolvendo inteligência emocional, acontecem o tempo todo. Por que, então, isso não é ensinado às crianças?” O Yoga e a meditação são meios de se praticar o que tem nos faltado tanto enquanto sociedade, que ‘sabe muito conteúdo’, mas não sabe lidar consigo, com os outros e com o mundo!

Por Juliana Corullón 
Publicado em 30/10/2015 em www.omundoeumaescola.com




EDUCAÇÃO NEUROCIÊNCIAS MEDITAÇÃO MINDFULNESS CULTURA DE PAZ CÉREBRO EDUCAÇÃO EM VALORES ESCOLA FAMÍLIA DESENVOLVIMENTO HUMANO


Dúvidas? Estamos ansiosos para ouvir você.

Gostaria de levar o MindEduca para sua instituição?
SAIBA MAIS
Quer realizar um
evento na sua cidade?
ENTRE EM CONTATO
Quer se tornar
um instrutor?
SAIBA MAIS
Quer saber mais ou
falar com a gente?
ENTRE EM CONTATO

ANTES DE IR EMBORA

Conheça o MindEduca Trabalho